OUTUBRO ROSA: A importância da conscientização do câncer de mama

O Outubro Rosa é uma campanha anual realizada mundialmente no mês de outubro com a intenção de compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer de mama.

A mobilização visa também à disseminação de dados preventivos e ressalta a importância de olhar com atenção para a saúde, além de lutar por direitos como o atendimento médico e o suporte emocional, garantindo um tratamento de qualidade.

História

O movimento teve início no ano de 1990 em um evento chamado “Corrida pela cura” que aconteceu em Nova Iorque, para arrecadar fundos para a pesquisa realizada pela instituição Susan G. Komen Breast Cancer Foundation.

A medida em que cresceu, outubro foi instituído como o mês de conscientização nacional nos Estados Unidos, até se espalhar para o resto do mundo.

A primeira ação no Brasil aconteceu em 2002, no parque Ibirapuera, em São Paulo. Com a iluminação cor-de-rosa do Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista.

Como os exames de imagem como a Tomografia Computadorizada e a Ressonância Magnética podem ajudar?

Se uma paciente for diagnosticada com câncer de mama e o médico suspeitar que a doença possa ter se disseminado, poderão ser solicitados alguns exames de imagem, como:

Tomografia computadorizada:


É uma técnica de diagnóstico por imagem que utiliza a radiação para visualizar pequenas regiões do corpo, por meio da rotação do tubo emissor de raios X ao redor do paciente.

É o exame mais usado para visualizar as regiões do tórax e/ou abdome para diagnosticar a disseminação do câncer de mama para outros órgãos.


Ressonância magnética:

 É um método de diagnóstico por imagem, que utiliza ondas eletromagnéticas para a formação das imagens. Esse exame, além de permitir uma avaliação detalhada dos nódulos, sem a utilização de raios X, também proporciona uma visão mais abrangente da região profunda do tecido mamário.